Friday, March 22, 2013

Cozinhando e congelando - couscous de legumes

Na nossa casa, come-se muito pouca carne, e quando comemos, escolhemos somente produtos orgânicos, que garantem as melhores condições de criação para o bem-estar animal, além de terem menos impacto no ecossistema. Como carne orgânica é beeeeem mais cara (pela minha experiência, sai duas ou três vezes mais cara do que a carne de criações intensivas, comemos pouca carne :D
E também costumo fazer marmitas para o almoço, já que os restaurantes das firrrrmas onde marido e eu trabalhamos não são muito bons. Descobri os bentôs japoneses alguns anos atrás, e adorei. Não faço só bentôs, mas ajudou bastante a escolher as melhores receitas para comer fora de casa. Por exemplo, risoto é uma delícia, mas frio ou requentado nem tanto. 
Daí, tento sempre fazer reservas para as marmitinhas. Toda vez que faço um prato que congela bem, faço para sobrar, e congelo em porções para duas pessoas. Arroz, feijão, carnes, legumes cozidos em geral, congelam muito bem. Assim, naqueles dias em que não sobrou nada do jantar, ou em que você não está a fim de cozinhar, basta abrir a porta do congelador e pronto, marmitinhas cheias!


Foto horrorosa tirada com luz idem :D


Couscous de legumes

Ingredientes:

2 abobrinhas
2 cenouras
1 cebola grande (ou 2 pequenas)
1/2 pimentão
3 dentes de alho, amassado
1 lata de tomate pelado e picado
1 lata de grão-de-bico
400 ml de caldo de legumes
1 colher (sopa) de azeite
4 colheres (sopa) de coentro picadinho
sal

Temperos:

pimenta vermelha a gosto (usei harissa)
raz el hanout a gosto OU
noz-moscada
pimenta-do-reino
sementes de coentro trituradas
gengibre em pó
cominho
canela (com muita parcimônia, se não quiser couscous de canela!)
páprica


Para o couscous:
semolina de trigo (60 a 100g de semolina seca por pessoa, de acordo com o apetite).
sal
um fio de azeite
água

Prepare os legumes: corte a cebola, a cenoura, a abobrinha e o pimentão em cubos pequenos.
Em uma panela grande (ou em uma panela de pressão, se você estiver com tanta pressa quanto eu) aqueça o azeite. Doure a cebola e o alho amassado, quando tiver começado a dourar, acrescente a cenoura e os temperos. Deixe refogar um pouquinho, acrescente o tomate picado e o caldo de legumes, tampe e deixe cozinhar por cerca de 25 minutos (ou 15 minutos, se for na panela de pressão). Abra, prove e acerte o sal se precisar, acrescente a abobrinha, o pimentão, tampe a panela e deixe mais 20 minutos (ou 10 minutos na pressão). A essa altura, você pode preparar a semolina. Abra, coloque o grão-de-bico escorrido e lavado (eu tiro a casquinha transparente de cada grão, mas eu sou maluca :D), deixe cozinhar mais uns 5 minutinhos com a panela destampada. Por último, junte o coentro picado.



Para a semolina, acho que existem vários métodos, o meu é o de preguiçosa: meço a semolina, fervo o mesmo volume de água. Coloco a semolina em uma travessa, rego com azeite, uma pitada de sal, misturo bem. Despejo a água quente na travessa, misturo de novo, tampo e deixo uns 5 a 10 minutos hidratando. Depois basta mexr com um garfo para soltar os grãos. Tem quem goste de colocar passas na semolina, eu não gosto muito, mas dessa vez coloquei sementes de girassol torradas por cima, ficou muito bom.

Sirva bem quentinho, com mais pimenta ! :D E congele o que sobrar em saquinhos bem fechados.





Saturday, March 09, 2013

Croûtons

De volta!!!

Receitinha muito simples para esse recomeço de blog, croûtons rapidinhos, porque sopas e saladas ficam muito mais gostosas com esses pedacinhos de pão torradinhos e bem temperados. E é tão fácil e rápido de fazer que não vale a pena comprar pronto! Fica tão gostoso que dá para servir como salgadinho, em vez dos famigerados xixitos.



Croûtons de pão de forma

Ingredientes:

8 fatias de pão de forma (aproveito para usar as fatias das extremidades, ou qualquer outro pão, fica até melhor com pão dormido)
Pimenta-do-reino (a gosto, mais ou menos 1/4 de colher de chá)
Páprica a gosto também
1 colher(chá) de orégano
1/2 colher (chá) de tomilho
1 dente de alho amassado
1 pontinha de faca de pimenta vermelha em pó
2 colheres (sopa)  de parmesão ralado
4 colheres de sopa de azeite de oliva ou de manteiga derretida, a gosto do freguês
sal a gosto

Preaqueça o forno a 150 graus, e forre uma assadeira grande (os seus croûtons têm que caber nela em uma camada só) com papel manteiga.
Em uma tigelinha, misture todos os temperos e o azeite, menos o parmesão. 
Corte o pão em cubinhos, e coloque em uma travessa grande com tampa. Você vai sacudir como uma coqueteleira, então tem que fechar bem! Regue o pão com o azeite temperado, feche a travessa e shake, shake, shake, bem misturadinho até todos os cubinhos de pão ficarem temperadinhos. Acrescente o parmesão ralado, misture tudo direitinho de novo. Despeje os pãezinhos na assadeira, salpique com sal e leve ao forno já quente até dourar, uns 15 a 20 minutos, virando os croûtons uma ou duas vezes, para todos os lados dourarem bem. 






Saturday, August 06, 2011

Curry de batata e batata-doce


Uma receita super saborosa, relativamente fácil de fazer já que o mais trabalhoso é descascar e picar os legumes, dá para fazer de véspera (fica até mais gostoso) e que rende MUITO! Com essas quantidades, eu consegui fazer uma panelona para umas 10 pessoas. Se sobrar, congele ou chame alguém para vir comer com você :)

Ingredientes

8 batatas-inglesas pequenas, ou 4 grandes
4 batatas-doces pequenas, ou 2 grandes
1 berinjela
3 cenouras
2 xícaras de cubos de abacaxi
2 cebolas
4 dentes de alho, amassados
1 pedaço de gengibre, uns 2 ou 3 dedos de comprimento (depende do seu gosto), picado bem miudinho ou ralado
2 a 3 colheres (chá) de curry
1 colher (chá) de cominho em pó
1/2 colher (chá) de sementes de coentro
2 colheres (sopa) de óleo vegetal
Sal
1 iogurte natural (Vegan: 1 iogurte de soja ou omita o iogurte)
200 ml de leite de coco
1/2 molho de coentro
Descasque as batatas-doces e as batatas-inglesas, corte em cubos médios. Coloque numa travessa cheia de água para que não escureçam. 
Descasque as cenouras, corte em rodelas de um dedo de grossura. Reserve.
Descasque a berinjela, corte em cubos médios, polvilhe com sal e deixe numa peneira escorrendo.
Pique as cebolas bem miudinho.
Numa panela grande, aqueça o óleo, refogue o curry, as sementes de coentro, o cominho, o gengibre e o alho até ficar cheiroso. Junte a cebola, refogue até ficar transparente.
Junte as cenouras, um pouquinho de água, tampe a panela e deixe 5 minutos.
Junte as batatas, a berinjela escorrida, o abacaxi, o leite de coco, mais ou menos 300 ml de água (vai depender do tempo de cozimento, pode ser mais), prove o sal, tampe e deixe cozinhar cerca de 30 minutos ou até as batatas ficarem macias.
Tire do fogo, junte o iogurte natural e o coentro picadinho. 

Eu gosto com lentilhas e naan :)


Tuesday, April 19, 2011

A vida não é mais Sadia - Baunilhete

Dica de leitura para quem se questiona sobre os motivos de assumir uma alimentação responsável, no blog da minha irmã http://baunilhete.wordpress.com/2011/04/18/a-vida-nao-e-mais-sadia/ .


Para quem quer ir ainda mais longe na conscientização, e ver as implicações reais do bife/coxinha/bacon/peixe/ovo no seu prato: Eating Animals, do escritor americano Jonathan Safran Foer. 



Monday, April 18, 2011

Wraps indianos

Receitinha rápida que fiz ontem à noite para o almoço de hoje... Fiz uns wraps "indianos" (porque tinha curry :D) vegetarianos, mas a unica coisa a adaptar, para veganos, é substituir o iogurte de leite de vaca por iogurte de soja, e voilà !

Wraps indianos (para 2 a 4 pessoas, depende do tamanho da fome)

- 4 tortillas de trigo mexicanas (as daqui são pequenas, 40g, se forem maiores, use 3)
- 1 maçã pequena
- 2 colheres (sopa) de amêndoas tostadas e picadas
- 1/2 iogurte de leite ou de soja
- 1 colher (café) de curry
- suco de 1 limão
- 6 colheres (sopa) de lentilha cozida, feijão cozido ou grão de bico
- 1/2 maço de coentro
- sal
- molho de pimenta
- 1 dente de alho amassado
- 1 cebola pequena picada bem miudinho
- 1/4 pimentão idem
- folhas de alface

Descasque a maçã e pique em cubos pequenos. Junte à maçã todos os outros ingredientes, menos as tortillas e a alface. Prove o tempero, ajuste o sal se necessario. 
Para fazer os wraps : 
Abra uma tortilla, coloque folhas de alface sobre toda a sua superficie, depois espalhe recheio sobre metade da tortilla. Começando pela parte com o recheio, enrole como um rocambole, corte ao meio e embrulhe cada pedaço em plastico filme, bem apertado.

Thursday, April 14, 2011

Sablés de limão - biscoitinhos amanteigados

A minha receita de sablés é inspirada dessa aqui, do Chocolate&Zucchini, mas com algumas modificações... Na verdade não é mais a mesma receita, mas como parti dessa, continuo considerando que a original é ela! :-D


Ingredientes (rende uns 35 biscoitinhos):


- 125 g de manteiga com sal, na temperatura ambiente (Vegan : margarina, manteiga de amêndoas, tahini, manteiga de amendoim... ou uma mistura, dá para brincar com os sabores)
- 80 g de açúcar mascavo
- 1 ovo (Vegan : 0 ovo :) )
- 140 g de farinha
- 50 g de amêndoas em pó
- a casca de um limão orgânico ralada no ralo fino, ou 2 gotas de óleo essencial de limão, orgânico também




Preaqueça o forno a 180 graus. Forre duas assadeiras com papel manteiga.


Bata bem a manteiga, o açúcar e o ovo até obter um creme homogêneo. Adicione a casca de limão, as amêndoas em pó e a farinha (aos poucos), mexendo sem bater, até a massa ficar lisa. Não mexa demais a massa, o truque para um biscoito crocante sem ficar duro é esse! Assim que os ingredientes estiverem incorporados, deixe a massa sossegada. 
Coloque a massa em um quadrado de filme plástico, forme uma "salsicha" de uns 5 cm de diâmetro, feche e coloque na geladeira ou no freezer para firmar. No freezer, em uns 30 minutos, já dá para tirar. Se quiser fazer biscoitinhos quadrados ou retangulares, achate cada lado da "salsicha" de massa na mesa, sem tirar do filme plástico. Corte fatias de mais ou menos meio centímetro de espessura, coloque na assadeira (os sablés não se espalham muito), asse durante 10 a 12 minutos, ou até que as bordas fiquem douradas. Tire do forno e deixe esfriar na assadeira durante uns 10 minutos antes de mexer.

Esse é o método de preguiçoso, se você quiser, também pode estender a massa bem gelada e cortar os biscoitos com forminhas, como esses aqui, ó : 

Ampelmann verdes, sablés com amendoa e glacê de limao, delicia on Twitpic
O glacê é açúcar de confeiteiro, suco de limão até fazer uma pastinha grossa, e corante.


Update : 


Irmã me pediu uma versão vegan :)  Na verdade, o sablé também fica muito bom sem ovo, na minha experiência ele só fica um pouco mais crocante, menos "fondant"... Mas a diferença é minima na minha opinião. Se a massa ficar meio dificil de amassar, basta colocar um pouquinho de agua/suco de limão/leite de soja, mas aos poucos para a massa não ficar grudenta. 

Saturday, January 29, 2011

Fajitas Vegan / Vegetarianas

Voltei, e decidi que isso aqui ia virar mesmo um blog sobre comidinhas, porque é o que eu gosto mesmo de fazer ! 
Marido e eu decidimos reduzir drasticamente nosso consumo de carnes, por motivos éticos e de saúde. Não banimos definitivamente porque né, mas a redução foi radical. E uma das consequencias foi que passei a experimentar muitas receitas novas, com produtos diferentes... E isso reserva otimas surpresas ! Hoje almoçamos fajitas, que seriam vegan não fosse pelo queijo ou pelo creme de leite azedo... Basta deixar esses dois ingredientes para lá se for a sua onda !


Para 2 a 3 pessoas (depende do apetite ! :D)


Ingredientes do recheio :


Para o tofu:


- 200g de tofu bem firme (eu usei esse, que tem uma consistência bem firme, lembra peito de frango), ou de proteina de soja hidratada
- suco de 2 limões
- shoyu
- 2 dentes de alho, amassados
Corte o tofu em tiras finas. Faça uma marinada com o suco dos limões, o alho, o shoyu a gosto e o alho. Coloque num recipiente com tampa que feche bem e deixe marinar de um dia para o outro, mexendo de vez em quando.
- 1 pimentão
- 1 cebola grande
- 3 dentes de alho
- 1 colher (sopa) bem cheia de massa de tomate
- 1 punhado de coentro
- sal
- pimenta ou chilli (opcional)
- tempero mexicano, ou uma pitada de cominho e uma de páprica
- 1 colher (sopa) de óleo vegetal
- 4 ou 6 tortillas de milho ou trigo


Corte o pimentão em tiras e a cebola em fatias finas. Esprema o alho. 
Aqueça o óleo e doure o tofu escorrido (reserve o líquido) em fogo médio, mexendo de vez em quando até que as fatias comecem a dourar. Despeje a marinada na panela e deixe reduzir um pouquinho. Junte o pimentão, a cebola e o alho, refogue durante uns 5 minutos. Junte a massa de tomate, o sal, a pimenta, o tempero mexicano e um pouquinho de água (50 ml mais ou menos), misture bem, tampe e deixe cozinhar uns 15 minutos. Se tiver com muita água, cozinhe em fogo alto com a panela destampada até secar um pouco. A mistura não pode ser muito aguada senão não dá para comer na tortilla ! Quando estiver no ponto, pique o coentro misture tudo.

Enquanto tudo cozinha, prepare os acompanhamentos. 



Para acompanhar :


Queijo tipo prato, gouda, cheddar... ralado grosso
Alface americana cortada 


Guacamole : 
- 1/2 abacate maduro
- 2 colheres (sopa) de suco de limão
- sal
- Molho de pimenta
- 1 dente de alho, amassado
Modo de fazer: amasse o abacate, junte os temperos.


Salsa :
- 6 colheres (sopa) cheias de tomate em conserva, picado
- Molho de pimenta
- Algumas folhinhas de coentro, picadinhas
- 1 pitada de alho frito
Modo de fazer: misture tudo :D


Sour cream:
Misture 4 colheres (sopa) cheias de creme de leite fresco com um pouquinho de suco de limão.


Leve tudo à mesa com as tortillas aquecidas no forno, na frigideira ou no micro-ondas. Cada pessoa monta a sua fajita. Delicia !
Fora o guacamole, que fica melhor feito na hora, da para fazer tudo de véspera e so aquecer o recheio antes de servir.