Thursday, January 31, 2008

Message in a bottle

Uma pessoa muito, muito sábia disse: "só gostar de quem gosta de mim", e acho que essa vai ser a minha decisão para 2008. Uma das, né. Porque cara, tem momentos na vida em que a gente pára, olha para tudo o que a pessoa já aprontou, e aí, quando vê, está tentando decidir: é piração ou mau-caratismo? O que é uma dúvida péssima, porque qualquer uma das respostas é horrível. Mas o que dói mais nem é a minha própria mágoa, ou a minha preocupação; é ver quem eu mais amo no mundo triste e preocupado também.
Já perdoei muita coisa de muita gente, e já fui perdoada, claro... mas não tolero mais ingratidão, injustiça. Não estou falando de "ah, Fulano nem agradeceu o presente que eu dei, que ingrato!", estou falando de ingratidão de verdade, daquela que retribui o bem com o mal. E não, não é ingratidão comigo (quoique), é com pessoas amadas. E aí é ainda pior, agora quando é comigo eu mando à merda e pronto, que já não tenho mais paciência para ser feita de idiota. Fool me once, shame on you. Fool me twice, shame on me, né? Então, enough shame for Carol.
O que ainda dói é ver a tristeza de quem não quer desistir.

Tuesday, January 08, 2008

Momento chata pacaramba descontrol

Não dá pra Globo parar de chamar os participantes do Bebebê de brothers e sisters? Afinal, o Big Brother é o que vigia, e não os vigiados. BIG BROTHER IS WATCHING YOU, lembra não? Sejamos puristas, e chamemos o povo de Winstons e Julias, :-D

Pronto, passou.

Friday, January 04, 2008

Fala sério!

Li uma notícia da AFP e num güentei. Diz que Em Paris, José Bové, militante anti OGM, e mais quinze militantes entraram em greve de fome ontem. A ação é pela proibição da cultura de milho transgênico na França. Pelo menos foi o que eu entendi.
Bem, se milho transgênico é ou não saudável, cada um pensa o que quer. Mas essa parte do artigo está ótima:

"Outre ces 15 grévistes à Paris, "d'autres personnes se sont engagées à observer des grèves de la faim tournantes sur des périodes courtes en province", a précisé José Bové".

Mal e porcamente traduzido: "Além dos 15 grevistas em Paris, "outras pessoas se comprometeram a fazer greves de fome rotativas durante períodos curtos, no resto do país", indicou José Bové.

Greve de fome rotativa, durante períodos curtos? O que vem a ser isso, algo do tipo "ah, hoje vamos jantar cedo, porque hoje à noite tenho que fazer greve de fome... amanhã é a vez do pessoal da cidade vizinha"????
Tá, imagino que não seja exatamente assim, mas gente, que impacto uma ação dessas pode ter? Minha opinião sobre os métodos do José Bové já não era das melhores, agora então... Cadê o Bussunda? Tá faltando alguém para dizer para o José: "Fala sério, aí"!